ENCONTROS QUINZENAIS DE LINGUÍSTICA SISTÉMICO-FUNCIONAL  

 

Encontro 43º

   

13 de Novembro de 2008, Quinta-feira, às 16:30 h.

 

CATEGORIAS DE APPRAISAL E AVALIAÇÃO: RELAÇÕES ENTRE GRAMÁTICA, NARRATIVA ORAL, CONSTRUÇÃO DO SELF

 

Maria das Graças Dias Pereira (PUC-Rio, Brasil)

ESPAÇO

ESPAÇO

A proposta consiste em discutir e estabelecer relações entre: (i) as concepções de avaliação no âmbito da narrativa oral (Labov & Waletzky, [1967] 1997; Labov, 1997; Linde, 1993; Cortazzi & Jin, 2003; Bastos, 2005); (ii) as categorias de appraisal, conforme estabelecidas por Martin (2003ª, 2003b), na lingüística sistêmico-funcional; e (iii) a construção do self  emocional (Lupton, 1998) e moral (Taylor, [1989] 1997) no contexto da interação (Bucholtz & Hall, 2003, 2005), em narrativas de experiência de migração (Baynham, 2005, 2006; Pereira & Mendes, 2008).
Os dados empíricos para a discussão consistem de narrativas orais de experiências de migração de imigrantes brasileiros de retorno dos Estados Unidos, co-construídas em entrevista de pesquisa sociolinguística (Schiffrin, 1993; Misher, 1986). O corpus da pesquisa constitui-se de 27 realizadas na região do Vale do Rio Doce – MG – Brasil, em 2003, 2004 e 2005. A pesquisa está vinculada: ao Projeto de Pesquisa “Narrativas de deslocamento, identidade social e emigração internacional” em desenvolvimento no Programa de Pós-Graduação em Letras da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - Brasil, com auxílio de pesquisa do CNPq; ao Estágio Pós-Doutoral “Narrativas de deslocamento e a migração internacional”, junto ao ILTEC e à Universidade de Lisboa - Portugal.

ESPAÇO

Maria das Graças Dias Pereira é Doutora em Lingüística Aplicada pela PUC/Rio, Brasil, e Profa. Associada do Departamento de Letras da mesma Universidade, com atuação no Programa de Pós-Graduação em Letras, na área de Estudos da Linguagem, na linha de pesquisa: Discurso, Cultura e Interação em Contextos Profissionais e Pedagógicos. É líder do Grupo de Pesquisa CNPq/ PUC-Rio: Linguagem, Cultura e Trabalho e membro do GT Práticas Identitárias em Lingüística Aplicada da ANPOLL. As suas áreas de pesquisa são: Análise da narrativa, Sociolingüística interacional, Análise da conversa, Pragmática, Lingüística Aplicada.